Como um estúdio de criação, já falamos da importância que o analógico tem nas nossas inspirações diárias e como colocar a mão na massa é essencial na expressão artística genuína. Como nascemos com o intuito de criar e despertar sentimentos através de tudo que colocamos a mão, essas conexões são formadas em diversas instâncias da arte, que consideramos todas igualmente importantes e capazes de expressar olhares sensíveis e diversos.

Na hora da criação da fotografia autoral, levamos em consideração os sentimentos que podem ser transmitidos através dela. O que sentimos ao olhar uma foto? Saudade? Felicidade? Tranquilidade? O poder da fotografia é despertar esse sentimento catártico por meio de texturas, comoções, inquietações, luzes e conceitos. Nesse projeto, criamos um ambiente subjetivo e onírico para fotografar a May Martins. Através de contrastes de luzes e cores, foi possível inspirar um conceito fantástico e delicado, que combinaram muito com ela e o resultado foram fotos que recordam os grandes quadros renascentistas.

Além da fotografia artística, a fotografia de moda é essencial para explorar além de conceitos artísticos, a essência e singularidade de cada marca, o que ela acredita e representa. Com a expressão visual mais acessível e desejada do que nunca, vamos além da realidade em si para expressar novas perspectivas e diálogos, capturando o que a moda quer ser e transmitindo ao mundo. Acreditamos que o que as pessoas enxergam pode ser transformadoras, por isso levamos cada técnica, cor e ideia a sério na hora de criarmos cada projeto.
Além da fotografia, a produção audiovisual pode ser a expressão ainda mais profunda e intensa de uma ideia. Nesse projeto para o rapper Ablunt, em parceria com a Houzi Records, fizemos a direção, fotografia e edição do videoclipe do single “Suiça”. Foi um trabalho incrível conseguir transmitir a visão criativa dos músicos através do audiovisual, por ter passado por diversas áreas antes de chegar ao audiovisual, talvez esse seja o motivo de, hoje, conseguirmos pensar de maneira diferente para fazer um vídeo.
Os projetos descritos foram produzidos e coordenados por Gui Borges que agora faz parte do Coletivo Estrala. Com crescimento em mente e visão no futuro, queremos continuar trazendo novas perspectivas a cada projeto, gostamos da emoção de criar projetos vivos que carregarão novos sentidos, conhecerão novas pessoas e serão vistos, sentidos e amados com significado! Com esse dinamismo em mesmo, com rebeldia, buscamos entender a verdade, nos conte, qual é a sua?